Percy Jackson BRO

Forum criado e inspirado em Percy Jackson.
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 kvfvhicxgcuayzgxys

Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
GM
avatar

Mensagens : 60
Data de inscrição : 19/03/2013

MensagemAssunto: kvfvhicxgcuayzgxys   Qua Nov 19, 2014 2:04 pm



Teste para filho de Nyx



▬ Diga-nos, por que escolheu ser filho de Tal ser Mitológico:
Não sei muito bem o motivo pelo qual eu escolhi a Nyx como mãe. Ela personifica a noite, aonde sou mais criativo, mais pensativo comigo mesmo, e acredito que não sou só eu. A noite mostra a tranquilidade e os mistérios, é o momento aonde a calma prevalece. Na verdade aonde todos os sentimentos são mais fortes os bons e os ruins. Também a escolhi por ser a patrona das bruxas e portando da magia coisas que meio que despertam minha curiosidade.

▬ Cite suas principais características Físicas e Emocionais
Ele é muitas vezes extrovertido, brincalhão, abusado, mas quando quer machucar alguém pode ser calculista e frio. Não costuma falar com ninguém a não ser que seja realmente necessário e conveniente. É extremamente perfeccionista, gosta de fazer tudo sozinho e impecável, mas também pode ser preguiçoso e desleixado, ou seja, ele é bem contraditório por si só. Ele tem um pouco de coragem misturada com burrice porque muitas vezes defende alguns mais fracos de valentões e isso já o encrencou muito.
Ele possui altura mediana, em torno de 1,83m, pesando por volta de 80Kg bem distribuídos. Pele branca bronzeada, mas não a ponto de se considerar um moreno, mas também não possui as marcas nos braços diferenciando a cor da pele de quem costuma andar muito no sol de blusa ficando com os antebraços mais escuros e o tronco mais claro. Corpo robusto típico de quem realiza exercícios físicos constantemente, mas na medida certa sendo mais para manter o porte físico.

▬ Narração Narre sua ida para o acampamento meio Sangue (Enfrente 2 monstros de níveis elevados), e o momento de sua reclamação
Eu, Cloud Strife nasci em New York, filho único do milionário e rico publicitário Antony Strife, de 34 anos. Cresci como uma criança normal, apesar de ter sido paparicado desde pequeno por meu pai e meus avôs. Sempre fui muito superprotegido pelos mesmos.  
Nunca tive muitas dificuldades na minha vida. Tudo que queria ali estava era somente pedir. A única coisa que sempre me era negada era saber sobre minha mãe, aquilo era um assunto proibido lá em casa.
A casa em que eu morava não era muito bem uma casa e sim uma mansão que pertencia a minha família há bastante tempo. E minha vó vivia me falando sobre como ela era importante e como nossa família era conhecida na sociedade New York, fato em que eu nunca dei muita atenção e meu pai também não, dizia que não eram essas coisas que contavam.
Eu tinha 15 anos quando ouvi a primeira historia sobre minha mãe, eu havia acabado de chegar de uma festa e meu pai esta trabalhando, coisa que ele só fazia a noite.
_ Está começando a trabalhar agora pai?_ disse enquanto eu olhava o relógio que marcava exatamente uma da manhã.
_Na verdade não comecei ás 22:00 - respondeu  - Porque voltou cedo da festa?
_Queria relaxar um pouco e dessa vez a festa estava fraca.
Meu pai levantou e me olhou.
_Você me lembra muito a sua mãe sabia?_ disse meu pai enquanto sorria _O mesmo jeito que adora a noite. Você parece outra pessoa quando escurece, assim como ela, erradia uma energia estranha e para mim confortável.
_Pai, como a conheceu?_ se eu tinha uma chance de obter a verdade aquela era a hora.
Meu pai me encarou por um momento, devia esta pensando se devia me contar ou não.
_ Eu estava em uma festa encostado na parede, tinha apenas dezessete anos, e a vi entrando. Lembro como se fosse hoje. Ela usava um lindo vestido preto de bolinha e tinha um laço na cabeça. Todos os garotos da festa pararam pra observá-la. Tinha longos cabelos escuros e pele um tanto quanto pálida, porém não de um jeito doentio, mas um tanto quanto belo.
“Vários garotos tentaram chegar nela durante a festa mas ela não deu bola a nenhum deles parecia que estava procurando algo a mais, e ai eu pensei porque não? E  assim eu comecei a falar com ela. Conversamos a noite toda  até que ficamos. E ai ela sumiu. Reapareceu meses depois com você recém nascido nos braços e disse que era meu filho, te entregou  desapareceu novamente.”
_E você não duvidou? Não pensou que eu fosse filho de outro?
_Nunca. Em nenhum momento, tenho certeza absoluta que você é meu filho.
...
Aquela noite eu resolvi sair para me diverti, mal tinha completado meus 16 anos e como qualquer outro garoto queria logo começar a dirigir e foi isso que eu fiz assim que tirei a carteira de motorista. Havia ido a um barzinho com meus amigos e já estava voltando pra casa quando aquele enorme quadrúpede entrou na frente do carro. Ele certamente parecia um cachorro só que bem maior e cruel. No primeiro momento achei que estava maluco.
Ai veio um sujeito meio bode meio humano gritando na direção do carro.
_Demorei pra te encontrar meu xará _disse ele _Se não fosse o cachorrão ali não te acharia hoje.
_O que está acontecendo? Meus amigos não me drogaram de novo não né?_ respondi
_Quem dera meu caro, quem dera. Te conto tudo no caminho, da ré e vamos para  Long Island.
Ele estava me contando tudo sobre eu ser um meio sangue e que monstros existiam e tudo mais. Só que no meio do caminho o cão infernal, agora já sabia o nome da criatura, nos atacou. E daí não lembro-me de mais nada.
Parece que eu desmaiei e meu carro deu perda total, mas por sorte conseguir chegar ao acampamento Meio-sangue a salvo, graças a Gregório, o sátiro que me ajudou.
    !  
[/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://percyjacksonms.forumeiros.com
 
kvfvhicxgcuayzgxys
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Percy Jackson BRO :: Percy Jackson RPG :: Apresentação-
Ir para: